Movidos pelo desejo de democratização do acesso à cultura, inserção no mercado e pelos conceitos de regionalização e descentralização da produção cultural do Brasil, pudemos nos organizar enquanto órgão civil. Partindo de uma política articulada no seio dos entes do cinema e do audiovisual, demarcamos nosso espaço a partir dos conteúdos adquiridos e multiplicados.

Crescemos e soubemos fazer-nos visíveis ao mundo audiovisual. Assim, criamos o Centro de Estudos Casa Curta-SE para garantir nossa participação nos projetos audiovisuais, respondendo juridicamente por sua autoria junto aos órgãos competentes, e fortalecendo nosso ideal de fazer cultura.

O Festival Luso-Brasileiro de Curtas-Metragens de Sergipe, Curta-SE, nosso maior projeto, surgiu em 2001 a partir desse entendimento de inserção cultural. De lá pra cá, soubemos cada vez mais insistir nessa visibilidade.Hoje, o festival é nacionalmente como um projeto de qualidade, que gera renda e emprego para nosso estado ao tempo que nos insere no mercado audiovisual brasileiro e internacional.

Nossas ações dão visibilidade aos cenários sergipanos, aos filmes produzidos em Sergipe, à difusão e formação audiovisual através das oficinas. Através da exibição de filmes, promovemos o acesso à memória audiovisual do acervo acrescido a cada ano. Com o ponto de cultura Figuras em Trânsito, temos uma ação permanente de educação para o audiovisual com oficinas, cursos, workshops, palestras e produção de conteúdo em curta-metragem.

Tudo feito por estudantes da Universidade Federal de Sergipe e de escolas públicas. Os contatos com o Ministério da Cultura e patrocinadores como a Petrobras, o Banco do Nordeste, a Prefeitura de Aracaju, só fortaleceram os produtos da Casa.Queremos mais.

Queremos cada vez mais parceiros que acreditem nesse projeto de cultura e cidadania, mas, sobretudo, queremos voltar a produzir filmes que falem de nossas histórias, que encontrem braços que nos estimulem por editais estaduais e municipais, como acontece em outros estados.

A Casa Curta-SE funciona a serviço da sociedade e do desenvolvimento do cenário audiovisual sergipano.




Secretaria da Cidadania Cultural
       Ministério da Cultura.

 

Rua Teixeira de Freitas, 175, Bairro Salgado Filho

Aracaju-SE CEP: 49020-530 Tel.: (79) 3302-7092 / 3041-8563